Sobre o curso

O Curso de Ciências Sociais da Universidade Federal do Espírito Santo foi implantado em 1991 e reconhecido pelo Ministério da Educação através da Portaria nº 1 109, de 01/11/1996. Oferecido no período noturno, com uma entrada anual, forma inicialmente bacharéis. A partir de 1994, por solicitação dos alunos, iniciou-se a habilitação de Licenciatura. O Departamento de Ciências Sociais (DCSO) do Centro de Ciências Humanas e Naturais da UFES é responsável pelo núcleo central da oferta de disciplinas, atividades e orientações dos alunos do curso.

A partir do ano de 2002, o Curso de Ciências Sociais passou a ser oferecido em dois turnos: vespertino e noturno, com uma entrada anual de quarenta alunos em cada turno. Neste mesmo ano, após realização de um seminário interno, reunindo professores do Departamento de Ciências Sociais e representação estudantil, o Colegiado elaborou o novo projeto pedagógico do curso orientando-se pelas propostas de flexibilização curricular encaminhadas pelas Resoluções e Portarias do Ministério da Educação. Este projeto pedagógico do curso de Ciências Sociais, identificado como Currículo – Versão 2002, foi aprovado pela Resolução 10/2002 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFES, em 24 de janeiro de 2002. Novamente, em 2006, em atendimento às novas determinações do Ministério da Educação, realizamos a presente reformulação curricular do curso de Ciências Sociais que apresentamos para conhecimento e orientação da comunidade acadêmica. 

A estrutura curricular do Curso de Ciências Sociais busca a formação de um profissional com ampla atuação no mercado, capaz de desenvolver pesquisas e consultoria em empresas públicas ou privadas, além de produzir conhecimentos e estudos sobre as relações sociais. O curso tem como eixo fundamental três áreas de conhecimento: a Sociologia, a Antropologia e a Ciência Política, e durante sua formação @ alun@ pode optar por uma delas, de acordo com seu interesse. Além das três áreas de conhecimento, o curso subdivide-se em temas de pesquisa: o sistema político, as políticas públicas, as instituições sociais, o sistema empresarial, os movimentos sociais, a diversidade sócio-cultural, entre outros. O curso oferece duas opções de habilitação: o Bacharelado, que forma @ profissional voltado para a pesquisa, consultoria, assessoria, ou ainda para a gestão de políticas públicas ou privadas; e a Licenciatura, voltada para o magistério, habilitando @ profissional de ciências sociais a lecionar no ensino fundamental ou médio. Ao optar pelo bacharelado, @ alun@ deve desenvolver, no último semestre, um projeto de pesquisa que deverá ser apresentado sob forma de monografia. Enquanto na Licenciatura, @ estudante cursa disciplinas de caráter didático-pedagógico, além de realizar um estágio em uma instituição de ensino, sob a supervisão de um professor/a. Como suporte ao ensino e à pesquisa, @s alun@s têm acesso a laboratórios e núcleos de pesquisa e extensão.

O curso de bacharelado em Ciências Sociais proporciona habilitação d@ profissional nas áreas de Sociologia, Antropologia e Ciência Política. Este profissional se dedica a coordenar, planejar, assessorar e executar tarefas ligadas a atividades de pesquisa na área social, tanto em instituições publicas quanto em privadas. O curso de licenciatura em Ciências Sociais esta amparado na retomada do ensino de Sociologia enquanto componente curricular obrigatório do Ensino Médio está amparado na Resolução CNE/CEBNº 1, de 15 de maio de 2009, com base na Lei nº 11.684/2008, que alterou a Lei nº 9.394/1996, de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Esta resolução determinou a inclusão obrigatória do ensino de Sociologia em todas as séries até 2011.

Objetivos específicos do curso de licenciatura são:

- Formar professores de sociologia para atuarem no Ensino Médio atendendo a demanda desses profissionais no litoral paranaense, bem como no âmbito da esfera estadual e nacional;

- Formar professores capacitados a desenvolver, de forma pedagogicamente consistente, o ensino-aprendizagem da sociologia clássica e contemporânea;

- Formar profissionais capazes de dominar novas tecnologias e utilizá-las na sua prática pedagógica.

 

Objetivos específicos do curso de Bacharelado são:

- Formar um profissional generalista a partir de um projeto de curso constituído por um forte núcleo teórico-metodológico em Ciências Sociais, que deve ser entendido como o conhecimento mínimo comum a todos os alunos do curso e, que possibilite uma formação teórica sólida em Antropologia, Ciência Política, Sociologia e Metodologia de Pesquisa;

- Formar profissionais com capacidade analítica, autonomia intelectual, habilidade em articular teoria/pesquisa/prática social e com conduta pautada pela ética. 

 

Coordenação da Graduação:

Prof. Sandro Silva
Fone: (27) 4009-2497
E-mail: colegiadocso [at] gmail.com

Chefia de Departamento:

Prof. João Carlos Saldanha
Fone: (27) 4009-2506
E-mail: depcso [at] npd.ufes.br

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910